Buscar
  • Levant Marketing

Como as 10 principais competências do futuro são exigidas, agora, no atual contexto de pandemia?


O Fórum Econômico Mundial elegeu as 10 competências que considera mais exigidas para os profissionais do futuro. Tomando como referência o cenário desafiador e comum a todo o planeta na pandemia do Coronavírus, podemos fazer uma leitura destas habilidades e tentar compreender na prática um pouco da relevância de cada uma delas para todos nós.


1. Resolução de Problemas Complexos:


Habilidade de resolver problemas complexos pode ser compreendida como a capacidade de perceber e criar estratégias para resolver situações novas e mal definidas, onde as informações não estão completas ou claras, as conexões e inter-relações possíveis ainda não foram todas identificadas e há um nível considerável de imprevisibilidade. Além disso, os dados são diversos em natureza e volume. É necessário agir rápido, testar rapidamente soluções para avaliar os resultados e a partir deles tomar decisões, criar padrões e registrar o aprendizado.


De lideranças mundiais, especialistas, pesquisadores, autoridades até pequenos empreendedores e cidadãos comuns, todos estamos lidando com um evento novo, com variáveis, impactos e consequências ainda muito pouco conhecidos. Um problema de complexidade altíssima, desdobrando-se em vários outros, desde o futuro da economia até a preservação da própria vida.Para cada um dos atores envolvidos o desafio é enorme, considerando sua realidade.


2- Pensamento Crítico:

Analisar criticamente situações de forma consistente e responsável questionando as possibilidades além do óbvio, entender o problema atrás do problema e considerar diferentes perspectivas para um mesmo cenário são algumas das características de quem tem habilidade de pensar criticamente.


No atual contexto de pandemia é fundamental manter a racionalidade, buscar informações de fontes seguras antes de tomar decisões, compreender o que pode influenciar no coletivo e os impactos de nossas ações.


3- Criatividade:


Com tantas mudanças na rotina, restrições e recomendações, definitivamente precisaremos ser muito criativos. Descobrir novas formas de trabalhar, socializar, consumir, apoiar, prevenir e nos preservar será determinante para termos sucesso no combate a pandemia. É um cenário desconhecido e o modelo de vida como estamos habituados estará profundamente modificado nos próximos meses. Fazer diferente e inovar serão decisivos para sairmos ainda melhores de toda essa turbulência.


4- Gestão de Pessoas:

Motivar, comunicar, engajar, escutar e acolher pessoas será o maior desafio. As empresas estarão em meio ao desafio de produzir para sobreviver, garantindo e preservando a saúde de seus colaboradores. Novos modelos de trabalho, desafios diferentes e emoções a flor da pele serão elementos constantes para as lideranças de todas as organizações, de todos os setores e segmentos. Confiança, comunicação assertiva, fluxo de informações, propósito.. tudo que tanto é falado em palestras e workshops será testado em uma crise sem precedentes, pois toda a sociedade precisará estar engajada e consciente e cada um de nós, em algum momento, será líder de pessoas formalmente ou não, seja em uma organização ou dentro de casa, junto aos familiares.


5- Coordenação:


Cada um de nós precisará ser capaz de coordenar nossas próprias ações de acordo com as outras pessoas, ou seja, trabalhar em colaboração, equipe e coletividade. Só haverá sucesso no controle mundial da pandemia se formos capazes de compreender que não estamos sozinhos, que nossas ações têm influência no meio e no coletivo. Parece óbvio? Mas não é. Basta olharmos as imagens de aglomerações em ambientes de lazer, nações e federações disputando recursos sem uma coordenação unificada e desencontros de diretrizes.


6- Inteligência Emocional


Ter inteligência emocional é ser capaz de compreender, reconhecer e gerenciar suas próprias emoções. Em momentos de tensão e incerteza, quando de alguma forma nos sentimos ameaçados, nossas emoções tendem a ser mais intensas. Nestas horas o conhecimento que temos de nós mesmos será um grande aliado na manutenção da própria saúde mental e do equilíbrio necessário para apoiar o coletivo.


7- Capacidade de Julgamento e Tomada de decisão


Desde pequenas decisões diárias a decisões amplas e de alto impacto, todos precisaremos ser muito cautelosas e analisar cuidadosamente o cenário e as consequências não só para nós, como para toda a comunidade.


Decidir entre ficar em casa mais um dia e ir a um evento importante ou se as fronteiras serão fechadas são decisões relevantes e que exigirão domínio desta habilidade.


8- Orientação para servir


Esta será sem dúvida a mais demandada das habilidades, e não somente dos médicos e profissionais de saúde que serão exigidos em nível máximo. Este é um momento de mobilização e vulnerabilidade. Empatia, compaixão e solidariedade serão exigidos de nós constantemente. Compreender a dificuldade e aflição do outro e ser capaz de um gesto que facilite ou conforte fará diferença. Perceber que posso agir de forma responsável para evitar que outro se contamine, facilitar acesso a produtos e serviços em momento de isolamento social, colocar-se disponível para realizar uma atividade para um idoso são exemplos que evidenciam esta habilidade.


9- Negociação


Estratégias e planejamentos foram e/ou serão alterados em função da pandemia. Muitos ajustes em acordos sociais, financeiros e pessoais precisam ser feitos. Nesta hora é preciso considerar as parte envolvidas e a dimensão dos impactos, onde seja privilegiado a convergência e entendimento de expectativas para o menor prejuízo entre as partes.


10-Flexibilidade cognitiva:


Capacidade de criar ou usar diferentes conjuntos de regras para combinar ou agrupar as coisas de diferentes maneiras. Aprender a reaprender, desapegar de convicções e certezas, se estas já não correspondem mais aos fatos. Devemos estar abertos e atentos às novas informações e dispostos a mudar modelos mentais neste ambiente incerto e desafiador .

Que sejamos todos competentes e bem sucedidos!


Por: Adriana Lobo

Consultora em Gestão de Pessoas/

RH/Treinamento/

Gestora de RH/

Educação Corporativa

0 visualização

© ABRH-PA

  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon

Desenvolvido por Levant Multimídia e Tecnologia